Bubble Shooter: de joguinho de criança à clássico

Bubble Shooter - o clássico jogo de Bolinhas
Bubble Shooter – o clássico jogo de Bolinhas

Há certas coisas na vida que simplesmente ocorrem e nos deixam muitas vezes completamente sem compreendermos não é mesmo? Certamente os criadores dos jogos de bolinhas de bubble shooter, sabem muito bem do que estamos falando. Este joguinho que foi criado ainda no ano de 2001, teve uma origem bastante humilde e foi projetado para ser mais um passatempo para a criançada da época. Seus criadores o fizeram sem muita pretensão e jamais esperavam que a sua criação se tornaria em uma incrível ‘besta’ que é hoje. Atualmente o Bubble Shooter é um dos jogos mais jogados de todo o planeta com mais de 200 milhões de jogadores. É mole de acreditar?

O interessante é que o Bubble Shooter já provou nestes vários anos que o seu sucesso não é passageiro assim como certos jogos (quem se lembra do Flappy Bird?) e o seu público parece não se conter a uma certa parcela do público gamer. Outro curiosidade destes jogos de bubble é que mesmo tendo sido projetado para capturar uma parcela do mercado da molecada, o jogo hoje em dia faz muito mais sucesso dentre o público adulto. O mais interessante é que não são jovens adultos não, mas sim adultos já em ‘meia vida’. A média de idade dos jogadores do Bubble Shooter é de 35 anos de idade. Bastante interessante né?

Mas por que será que este joguinho de origens tão modestas e sem pretensão acabou por se tornar um dos jogos clássicos da era atual e ainda possui uma imensa legião de fãs? Bem, como nos incluímos no perfil destas estatísticas e também nos consideramos fã deste joguinho de bolinhas coloridas, podemos especular que as razões são diversas.

Acreditamos que um dos motivos pelo qual os jogos de bubble shooter serem tão populares se deve ao jogo ser incrivelmente simples de se compreender e começar a jogar. Isto talvez possa não fazer muito sentido, você pode pensar… mas, se analisarmos bem, faz muito sentido, sim! Ao meio de uma multidão de jogos complexos, cheios de comandos, gráficos muito próximos da realidade e jogabilidade altamente complicada, o Bubble Shooter acaba por fornecer uma excelente opção para aqueles que não assimilam tais caracteríscas dos principais jogos no mercado de hoje.

Bubble Trouble - mais outro popular jogo de bolinhas
Bubble Trouble – mais outro popular jogo de bolinhas

Segundamente, acreditamos que esta simplicidade de compreenção e jogabilidade extremamente simples, também é outro fator no qual os jogos de bubble atraem milhões de pessoas de todas as faixas etárias, em especial aqueles jogadores com mais de 35 anos. Se pararmos para analisar, estas pessoas simplesmente não possuem mais o tempo para desvendar e até mesmo avançar e evoluir nos jogos mais complexos que temos hoje por aí no mundo gamer. Logo novamente, o Bubble Shooter se apresenta como uma exelente opção para aqueles que querem um jogo divertido, simples e que não irá requerer horas para aprender os comandos básicos e muito menos para jogar com certa competitividade.

Outro fator que também acreditamos ser muito importante para toda essa popularidade dos jogos de Bubble Shooter é o fato do jogo além de ser fácil de se aprender e jogar, ele ainda consegue fornecer um excelente grau de desafio aos seus jogadores. Apesar de ser muito fácil de começar a se divertir com estes joguinhos, o mesmo não pode ser dito em se tornar um ótimo jogador dos mesmos. Neste caso simplicidade não se traduz em facilidade. Mesmo tendo os seus gráficos bem antigos e uma jogabilidade lá dos jogos dos anos 90, o Bubble Shooter ainda consegue manter jogadores horas a fio engajados em formar sequências e explodir bolhas. Pensamos que este certo grau de desafio e dificuldade é o que mantém todo esse mundo de fãs (200 milhões) ainda jogando este jogo que já possui quase 15 anos e pelo que aparenta, deverá ainda continuar entre nós por muitos mais anos.

Se você ainda não o conhece, tente-o jogar, em especial naqueles momentos aonde os jogos que necessitam uma excelente conexão, e uma certa estrutura não podem ser jogados. Nos referimos aqueles momentos de tédio extremo no transporte coletivo, em filas, ou na cama tentando cair no sono. Nestes momentos você talvez irá entender o porquê da popularidade dos jogos de Bubble, já que eles com certeza manterão a sua mente engajada e farão com que a sua percepção de tempo ‘voe’. Desfrute-os!

Read More

Esses joguinhos Chineses de Mahjong estão entre os nossos favoritos nas horas de tédio. Confiram!

No Windows Vista vem incluído um dos grandes jogos de todos os tempo, o Mahjong Titans, e este pode ser jogado neste sistema operativo. O Mahjong é jogado com peças de pedra que são dispostas umas em cima das outras. Estas peças são 144 e são divididas em várias categorias: Fortaleza, Aranha, Tartaruga, Caranguejo, Gato e Dragão.

Para remover um mosaico este tem de estar livre. Além disso, apenas de pode remover se estiver nas extremidades, não podendo, por exemplo, remover do meio nenhuma pedra porque isso significaria que outra seria afetada.

Mahjong Titans - Conhecido tambem como Solitario Chino
Mahjong Titans – Conhecido também como Solitario Chino

O jogo é bem simples, tal como o objetivo, que é ir juntando as pedras duas a duas até que não haja nenhuma no tabuleiro. O jogo termina uma vez que não houver nenhuma restante.
Para ver as pedras que estão por baixo das outras e que, por consequência, não se conseguem ver, o jogador terá de retirar as peças dos lados. Para que se possam retirar duas elas deverão ser iguais. Apesar desta “regra” existem exceções, como o par de pedras das estações o flores, em que não é necessário que elas sejam iguais para que se possam retirar.

Se alguma vez o jogador anular uma jogada são retirados dois pontos da pontuação total. É aconselhado que não anule muitas jogadas, pois isso poderá fazer com que tenha – após o jogo terminar – uma pontuação bastante baixa.

No Mahjong são também usadas 144 pedras, as quais são todas duplicadas, isto é, uma pedra tem sempre outra igual. Para se jogar Mahjong são necessárias quatro pessoas, apesar de que também se poderá jogar com menos, mas não é aconselhado.  No inicio do jogo há que se escolher o banqueiro e, em seguida, terão de ser atribuídos os ventos a cada pessoa, apesar de o banqueiro ser sempre o vento Este, e a partir dele é que os ventos são distribuídos, acordando com a rosa dos ventos. Uma vez isto feito, o abridor será escolhido com o proposito de abrir a muralha.

Após terem-se escolhido o abridor e o banqueiro, é feito o “resgate” das pedras de Honras Extremas. Todos os jogadores que tiverem pedras da 4ª categoria, terão de metê-las na mesa. As pedras que forem iguais àquelas que foram postas na mesa terão de ser removidas da cabeça do dragão.

Classic Mahjong Titans Game Layout
Layout Clássico do Mahjong Titans

O banqueiro ficará, devido ao resgate, com 14 pedras enquanto os restantes ficarão só com 13. A 14ª é lançada pelo banqueiro e quem a quiser poderá ficar com ela. Se ninguém a reclamar, a pessoa que está sentada à direita do banqueiro terá de comprar uma da muralha, descartando uma pedra. E assim em diante. Se algum dos jogadores quiser a pedra que está no meio, poderá reclamá-la. No jogo também pode haver descartes, e não é necessário que a pedra seja reclamada.

Quando não estiverem mais pedras no tabuleiro ou quando um jogador fizer Mahjong, isto é, quando tiver uma sequencia de pedras, então o jogo termina. As pedras têm todas um valor diferente e por isso a pontuação dos jogadores poderá variar bastante.

Agora que já sabe como jogar Mahjong e Mahjong Titans, cabe-lhe a si decidir qual jogar. Até pode experimentar os dois. Além disso, poderá encontra-los online em diversos sites da Internet, além dos que mencionamos neste post, aproveite-os!

Vídeo do Mahjong Clássico sendo jogado em Hong Kong, vejam que legal:

Read More

Os divertidos doodles e jogos do Google

 

Doodles do Google
Doodles do Google

A empresa Google é das empresas que tem tido imenso sucesso, e por isso tem crescimento sucessivamente sem parar, desenvolvendo a tecnologia, e tornou-se das maiores empresas mundiais. O Google chega a faturar bilhões, uma quantia inimaginável para a maior parte de nós. O seu crescimento tem sido bastante rápido, e isso nota-se pois o Google domina o mercado de motores de pesquisa, e não só. As suas inovações têm mudado o mundo, a tecnologia e a forma como trata os seus empregados é bastante positiva.

Não nos podemos esquecer de que quando a empresa começou a surgir, já existiam diversos motores de pesquisa (como o AltaVista, o Yahoo, e até mesmo o Cadê, lembram dele?!), contudo, o Google conseguiu ultrapassa-los a todos devido a um fato: O Google importa-se com o cliente. A inovação foi um dos fatores que levaram o Google ao topo, onde tem estado durante vários anos.

A página do Google, a inicial, tem um design bastante simples, o que facilita a sua utilização. O seu logotipo apesar de parecer simples aos utilizadores, é um nome de um número gigante que os matemáticos usam, e que contém imensos zeros.

Os Doodles, uma criação do Google cada vez mais popular, fez com que o Google divulgasse o seu logotipo. Os Doodles são imagens que homenageiam várias personalidades, séries, jogos e celebridades.

O Google é o motor de pesquisa mais famoso, e é o aquele que é mais usado pelos utilizadores da internet. Ao acessar à página principal, os utilizadores poderão usufruir dos doodles, que muitas vezes são interativos com o usuário. O doodle do Pac Man foi um sucesso imenso pois além de divulgar o Google, os usuários poderiam interagir com o jogo.

Estes doodles somente duram 24 horas na página inicial. Duram tão pouco tempo que os jogadores começam a ficarem viciados, pelo que ficam extremamente tristes quando o Google remove o doodle. Estes jogos do Google têm um enorme sucesso pois interagem com o usuário, e são bastante simples de jogar.

De modo a que você possa jogar estes jogos depois de o Google os ter removido da sua página inicial, nós tentamos encontrar maneira de poder jogar de novo estes jogos, mesmo já não estando presentes na página inicial. E encontramos, já que existem sites onde ainda se mantêm os jogos. Se pesquisar no Google poderá encontra-los de forma fácil, e até jogos que foram retirados já há uns anos. Alternativamente, para facilitar a sua vida, você também pode jogá-lo neste site aqui.

Entre os jogos que foram criados há vários que homenageiam as Olimpíadas de Londres de 2012, o Dr Who, o Pac Man, entre outros jogos que foram um completo sucesso para o Google. Se tiver a oportunidade, o que tem, de jogar jogos mais antigos ou mesmo os mais recentes, não a perca.

Read More

O iminente lançamento do novo iPhone 6

Em nosso segundo post no blog estaremos cobrindo um assunto no qual ao menos você tenha vivido em uma caverna no últimos meses, bem provavelmente você já também tenha ouvido algo e esteja até mesmo na expectativa como nós. Estamos falando do que seja talvez um dos eventos mais aguardados no ano de 2014. Este tão aguardado momento seria o então lançamento oficial do iPhone 6 da Apple.

De acordo que vamos nos aproximando mais e mais do mês de Setembro (mês no qual a Apple tem o costume de lançar os seus novos produtos ao mercado), inúmeras histórias, boatos e vazamentos de notícias relacionadas ao possível novo iPhone 6 vão surgindo por todo o espaço cibernético.

Será que veremos este iPhone 6 no Brasil em 2014
Será que veremos este iPhone 6 no Brasil em 2014?

Muitas destas histórias se contradizem entre si mesmas, muitas aparentam não ter a mínima probabilidade de realmente saírem do papel. Outras já são mais fáceis de se acreditar que realmente se tornarão realidade, ou que ao menos, possuem alguns componentes que possam mesmo serem verídicos e adotados pela Maçã. No entanto, uma coisa que todos estes boatos e histórias têm em comum é o fato de que aparentemente deste ano não passa chegada do novo iPhone 6 da Apple.

Há exatamente cerca de um ano atrás a mídia também trazia dezenas de matérias, rumores e vazamentos do que possivelmente seria o novo iPhone 6. No entanto, como nós já sabemos, o que realmente ocorreu foi a chegada dos iPhones 5S e 5C. O que para muitos consumidores e fanboys foi uma enorme decepção. Mesmo não apresentando tantas inovações em relação ao seu antecessor, o iPhone 5, estes dois novos modelos da gigante norte-americana venderam e continuam vendendo igual água.

Para aqueles que se decepcionaram com a notícia de que o iPhone 6 não seria lançado em 2013 e sim apenas ‘upgrades’ do iPhone 5, ficam aqui as nossas condolências. Era praticamente claro que a Apple iria trazer ao mercado um modelo ‘S’, antes do lançamento de um modelo numérico, neste caso o 6. A Maçã tem feito isto desde o lançamento do iPhone 3GS, e desde então muitas pessoas ainda não parecem ter reconhecido o padrão de lançamentos da corporação americana.

Como de costume o iPhone 6 chegará aos EUA primeiramente
Como de costume o iPhone 6 chegará aos EUA primeiramente

Este famoso upgrade ‘S’ da Apple, também ocorreu com a chegada do iPhone 4S e, claro, no ano passado com a chegada do iPhone 5S e do 5C. Fica então praticamente claro mais uma vez o padrão de lançamentos da Apple. Esta, obviamente não comenta sobre o mesmo, e deixa que os boatos e rumores ‘corram à solta’, já que tal apreensão e expectativa criada ao redor de seus futuros lançamentos é uma ferramenta de marketing (gratuito!) muito poderosa e apreciada (claro) pela companhia.

Se a corporação norte-americana seguir os seus padrões de lançamentos, é muito, muito provável que em Setembro de 2014 teremos a chegada do iPhone 6. Tal modelo vem sendo muito aguardado pois se espera que a tela do smartphone terá as suas dimensões aumentadas. Isto para nós gamers será realmente uma ‘mão na roda’, já que convenhamos, a tela dos iPhones quando comparadas com modelos Android são patéticas em relação as dimensões. Uma tela maior para nós amantes de games, trará um aumento enorme da jogabilidade e quem sabe também a chegada de novos jogos! Mas a qual preço será lançado o iPhone 6? Não sabemos ao certo, mas estamos ansiosos para ver o que a Apple está ‘aprontando’ para o ano de 2014!

Read More

A interessantíssima história dos Vídeo Games

Hoje em dia damos os videogames como adquiridos mas não sabemos sequer metade da sua história. Desde os primeiros jogos programados em texto até aos mais recentes que já se baseiam em cenários reais (renderizando cidades, por exemplo), está uma enorme evolução que nem sempre é visível para nós.

Os videogames nasceram por volta de 1950, quando o estudo da ciência da computação se desenvolveu bem como as simulações e os programas de inteligência artificial, mas só apenas entre 1970 e 1980, na altura em que os computadores começaram a ser comercializados, é que estes “explodiriam”. Também ajudou na difusão dos jogos, o fato de terem surgido os consoles já contabilizando oito gerações.

Super NES
Super NES – Wow, que nostalgia de ver esta máquina!

A década de 70 começou muito bem, considerando o número de jogos lançados nessa altura mas em 1977 a indústria dos videogames sofreu uma depressão, devido aos fabricantes de consoles terem vendido os sistemas mais antigos, tendo grandes prejuízos. Para vencer a crise, criaram-se os consoles de segunda geração, que ao contrário de seus antecessores já possuíam algum software e eram caraterizados por seus jogos serem chips montados em “cassetes”.

Entre 1978 e 1986, surgiu o apogeu dos jogos, que foram criados principalmente por empresas japonesas, como por exemplo Sapce Invaders da Taito (1978) ou Galaxian da Namco (1979) e Asteroids da Atari (1979) tendo vendido 40 mil cópias e 70 mil cópias respetivamente. Um dos jogos mais conhecidos de sempre surgiu em 1980, o Pac-Man que cópias superiores a 350 mil unidades.

A segunda grande depressão da indústria dos jogos aconteceu em 1983, mostrando-se ainda pior do que a primeira. Imensas empresas desta indústria faliram entre o final de 1983 e início de 1984. Foi durante esta crise que os tipos de jogos de diversificaram, mesmo que os mais famosos continuassem a ser os arcade. Uma vez mais a crise foi superada com a evolução tecnológica e então apareceram os consoles de terceira geração, em 1985 com o lançamento da Nintendo.

Zelda Tela Inicial
Zelda Tela Inicial

Games como Super Mario e Legend of Zelda continuam ainda hoje a ser exclusivos desta marca, que durante muitos anos foi topo no mercado, sendo que nos Estados Unidos era a maior marca e na Europa tinha como concorrentes a Commodore 64, Amstrad CPC e ZX Spectrum.

Na década de 90, com o aparecimento dos consoles de quarta (de 1988 a 1999, com 16-bits) e quinta geração (de 1993 a 2006, com 32 e 64 bits, por exemplo, a PlayStation), os jogos arcade tiveram o seu declínio. Foi também nesta altura que surgiram os jogos para telemóvel, nomeadamente, os Nokia.

A sexta geração aprece com a Dreamcast em 1998 e o evoluir das já existentes, PS para PS2, Xbox, entre outras. A sétima geração aprece com os consoles portáteis e sem controladores (Nintendo Wii, PSP, PS3). Hoje em dia, dizem-se consoles de oitava geração como PS4 e Xbox One, ou então em Microconsoles, que além de permitirem jogar na internet, armazenam os jogos no console sem ser precisar de CD’s ou Blu-rays.

Podemos então retirar deste história, que de fato os videogames tiveram uma evolução tremenda nos últimos 50 anos, bem como toda a tecnologia, e que provavelmente o melhor estará para vir. Ou acharemos de jogar com o pensamento, ou ligarmo-nos a uma máquina para nos introduzir num mundo virtual?

Read More